Seguidores

19.11.06

Sou Macabéa


MACABÉA: Glória, você me arruma uma aspirina?
GLÓRIA: Por que é que você me pede tanta aspirina? Não estou reclamando, mas isso custa dinheiro.
MACABÉA: É para eu não me doer.
GLÓRIA: Como é que é? Hein? Você se dói?
MACABÉA: Eu me dôo o tempo todo.
GLÓRIA: Aonde?
MACABÉA: Dentro. Não sei explicar.

(A hora da estrela, Clarice Lispector)








"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem peso da palavra nunca dita, prestes a quem sabe ser dita. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o peso da solidão no meio dos outros."
(Clarice Lispector)

Um comentário:

Katia Mota disse...

Esse trecho é realmente maravilhoso. A cena que mais me marcou no filme. Porque a dor da alma é quase física mesmo.

Lindo, adorável descoberta seu blog.

bjs

Related Posts with Thumbnails