Seguidores

23.3.07


A MEDIDA DOS HOMENS

rasos os olhos dos homens
em que lhes pese a fundura da alma
leves suas horas noturnas
em que lhes pese o peso de anos
montanhosos seus sonhos
em que lhes pese a estatura de homens
esbeltos seus corações prêt-à-porter
em que lhes pese o grasso medo
exatas suas ruas e cidades
em que lhes pese o passo torto
rijas suas certezas poucas
em que lhes pese a carne trêmula
áridos seus terços e novenas
em que lhes pese o úmido sexo
decotadas suas ingratas atitudes
em que lhes pese o recato da amizade
canhotos seus descuidados encontros
em que lhes pese a destreza do amor
de resto resta-lhes a medida
de músculos
de sangue
de carne
de pêlos
de ossos

em que lhes pese a medida de pó

(Edmilson BORRET)

3 comentários:

katia disse...

Simplesmente brilhante

Celeste disse...

muito lindo!

Edu disse...

Ah, mon professeur, como vc consegue ser assim tão genial? Isso é lindo D+!!!!!!!!!!!!

Related Posts with Thumbnails