Seguidores

9.11.06

In & Out


Aí vieram me perguntar: “por que essa história de blog agora, Ed?”
Ah... sei lá por quê. Porque tá na moda. É isso: porque tá na moda. Pronto! Já tenho a resposta na ponta da língua quando vierem me perguntar de novo. Inclusive, já até postei lá na minha comunidade do Orkut (para aqueles que não sabem, eu tenho uma comunidade... segue abaixo o link) algo nesse sentido:

Canalizarei from this moment on toda minha revolta e insatisfação para o blog que acabei de criar. É, essa história de blog virou moda mesmo... E como não gosto de ficar Out em nada mesmo, resolvi me tornar In: insatisfeito, insensível, intransigente, inergúmeno, inconseqüente e, por que não, inbecil, inpaciente, inprovável e inpossível.
Aos mais sensíveis e susceptíveis aconselho nem passar perto, ok?


Ah sim...
Aumentando a listda do IN: incrédulo, insosso, intragável, insurecto, insano, insone, indecente, insuportável, insolente, insólito, insolúvel...
What else? Quoi encore? O que mais?...hehehehehehehe


Aí, alguém lá da comunidade que criei sugeriu o seguinte:

Ed, que bom que vc tá IN e não OUT.
Já pensou nesse ângulo?
Outra coisa, se vc tá Yin, coloque um pouco de Yang que equilibra!
Beijos desputecidos. Desputece aê!


Não é que eu gostei desse lance do yin e yang? E, de certa forma, essa papo de blog está justamente me ajudando a promover esse tal equilíbrio...

Então, meu outro amiguinho de comu, o arruaceiro do Alysson, disse que essa história de blog não lhe agradava muito. Que era coisa de “barbie”. Aí criou-se uma situação bastante paradoxal. Explico: tá ok, admitamos que é coisa de “barbie”! Então eu estaria fazendo meu “out”, certo? O que poderia significar o caminhar na direção de uma certa feminilidade latente, o despertar da änima, ok? Mas “out” também seria o yang, o exteriorizado, o viril, o fálico. Cheguei a um impasse, amigos... Tirem-me dessa, please! Pois eu decidi que agora quero ser “in” e, portanto, como me sugeriram, yin... É paradoxal ou não? Ah... deixa essa porra pra lá!
Oh Alysson, seu muquirana, quer dizer que é coisa de “barbie”, né? Tão tá intão! Cantarei... Prepare os ouvidos!

Sou a Barbie Girl
Se você quer ser meu namorado
Fica ligado, presta atenção
Na minha condição
É diferente, sou muito exigente


Durma-se com um barulho desse!!!!! Hehehehehehe

A propósito: a comunidade da qual falei chama-se Ame e dê vexame. Para aqueles que estão no Orkut e só clicar aqui: "Ame e dê vexame"

Um comentário:

Edu Saviano disse...

mon professeur, putz! essa história de IN e OUT eh mto show!!! kkkkkkkkk
o blog tah perfeito, mto bom mesmo.
Parabéns!
abraços,
Edu.

Related Posts with Thumbnails